Yoga: Será que é para mim?

Quais os benefícios da yoga?

Possui diversos benefícios, tanto para mente auxiliando na concentração, no controle dos pensamentos e  das funções neurais. Quanto para as emoções, auxiliando no controle dos sentidos e sentimentos, intensificando fatores para tratar da ansiedade, da auto estima, da depressão e estados eufóricos das emoções (raiva, estresses).

Para o corpo, traz flexibilidade e resistência, trabalha os músculos e o organismo, melhorando as funções hormonais, beneficiando a circulação e pressão arterial. A liberação de hormônios em amplo aspecto pode proporcionar melhor funcionamento das glândulas, desde o sistema nervoso até o endócrino. 

A yoga pode tratar diversas doenças, como controle de diabetes, regularização menstrual, hipertensão e doenças ligadas a tireoide. Além disso, traz  um bem-estar pessoal, intensificando a sensação de energização e ânimo pessoal, pois há a maior liberação dos hormônios ocitocina e a endorfina, que trazem tranquilidade e leveza as ações.

Quem pode fazer yoga? 

Independente do tipo físico ou limitações,  yoga é uma prática adaptável e sem restrições quando se tem instrução correta. Portanto, é para todos!

Por ser uma prática que trabalha com o próprio peso corporal e de forma lenta e gradativa, o avanço da prática vai conforme a própria evolução do praticamente.

Qual o lugar ideal para fazer yoga? 

A prática é livre de um lugar específico. Depende da prática, como, por exemplo, nos exercícios de controle respiratório que pode ser executado em conjunto de outras funções. Já nas posturas físicas a  prática apenas exige um perímetro demarcado pelo próprio Mat (esteira) usada na prática) tendo apenas o ideal de que o espaço tenha livre acesso ao movimento, não impedindo a realização dos mesmos. 

5 dicas para melhorar o meu desempenho na yoga

1 – Criar um padrão de prática. A prática é fundamental para a evolução, e criar um padrão de prática no mesmo horário diariamente, com a mesma duração e empenho, auxilia muito no crescimento e desenvolvimento do praticante.

2 – Realizar a prática respeitando seus limites. Existe sim uma necessidade evolutiva, na prática, porém deve ser respeitado o limite (seja ele físico, mental ou emocional) do praticante, pois a yoga tende a integrar todos esses corpos, executar a prática sem uma devida concentração e apenas fazer de um modo mecânico ou forçado pode gerar lesões e sem evolução.

3 – Criar um padrão de  posturas físicas e executá- las até ter um controle absoluto dos mesmos, antes de desenvolver posturas mais complexas. A consciência corporal é fundamental para a estabilidade da prática, então se você domina aquele asana e o sente plenamente em sua execução, isso trará melhor desempenho em Asanas posteriores sem ter o risco de lesões futuras. 

4 – Integrar o conhecimento teórico ao prático. Muitos praticantes focalizam somente no trabalho físico das posturas físicas, porém é necessário ter o conhecimento pleno da prática, pois cada postura tem seu teor psico afetivo auxiliando o equilíbrio dos mesmos. Praticar sem ter a noção do envolvimento de cada parte da prática pode não gerar evolução e real resultado. Yoga não é somente o corpo, mas a integração de todos os seus corpos.

5 – Buscar utilizar a prática constante em seu dia a dia,  por exemplo, as práticas respiratórias – o controle respiratório pode ser executado durante uma reunião no trabalho, durante o trânsito, em casa assistindo a um filme/série. Independente do momento. Isso já ajudará a  ter um melhor desenvolvimento em conjunto das práticas de posturas físicas, tendo em vista que a execução dos mesmos é conjunto do controle da respiração. 

As práticas de posturas físicas, podem ser adaptados ao seu dia, sempre que sentir seu corpo necessitando de um alongamento devido ao dia intenso de trabalho, pode ser executados (mesmo em cadeiras ou espaços pequenos) para auxiliar a irrigação dos músculos, articulações e liberação da tensão excessiva durante o dia. 

A melhor maneira de ter um desempenho efetivo e progressivo na yoga é tornar ele parte da sua vida cada vez mais, para poder aproveitar cada benefício da prática, sem restrições. Somente a disciplina e a prática integradas traz o real trabalho da yoga e o objetivo da mesma, que é a unificação e equilíbrio do seu próprio ser.

Saiba que no aplicativo Kikos Fit você encontra aulas de yoga e outras modalidades com profissionais qualificados. Clique no botão abaixo e comece a prática!