Irmão de Treino

Por: Dani Christoffer

05 de setembro é comemorado o dia do irmão, mas desta vez vamos celebrar uma irmandade um pouco diferente, a dos amigos de treino.

Aquele que marca com você bem cedinho e você só não não falta, porque ele está te esperando. Te faz realizar loucuras: se inscrever em provas, só para correr do lado dele e te espera na academia para começar a série ou a aula.

Com o irmão de treino, desistir é mais difícil.

Fernanda Nobre é Psicóloga e começou a correr em 2016, num projeto na Vila Olímpica do Vidigal, no Rio de Janeiro, onde mora até hoje. Na corrida, em mais de 40 provas de rua, montanha, 8 meia maratonas e 2 maratonas fez muitos amigos, entre eles, um que veio para ficar: Marlos Costa.

Se conheceram em 2019, e nunca mais se separaram, a conexão foi instantânea.

“Além dos treinos, partilhamos valores de vida e, nas pistas, dividimos momentos de alegria, reflexão e superações! Ele estava comigo quando peguei pódio geral no X-Terra ano passado, por exemplo! E claro, fez parte da preparação para que eu chegasse lá!

O Marlos me incentiva a melhorar, pega no meu pé quando estou atribulada e não encaixo os treinos, me ajuda a impor um ritmo mais forte ou mais cadenciado, a seguir firme nas preparações para as provas que são nossos alvos. Ter um irmão/anjo das pistas que te incentiva e faz ir além, é incrível!

Sou grata por escolher esse mundo e ter encontrado tanta gente iluminada como ele”, conta Fernanda Nobre.

Para Marlos Costa, que sempre foi ligado a muitos esportes como: natação, ginástica olímpica, voley, futebol, montanhismo, ciclismo e a corrida para manter o condicionamento físico, a Nanda, como ele a chama carinhosamente, veio como um incentivo a mais para melhorar nos treinos.

“Nanda é inspiração, uma mulher guerreira e determinada no que faz, além de um doce de pessoa.

Procuramos sempre incentivar o treino um do outro, de uma forma leve. Vibrando e torcendo sempre com as nossas conquistas.

Sem esquecer das resenhas maravilhosas, cheias de histórias e gargalhadas gostosas”. – Marlos Costa.

Para Heleno Bento, Professor de Educação Física e coach do projeto adidas runners, no Rio de Janeiro, muita gente gente começa a praticar atividade física com um empurrãozinho de um amigo/irmão.

“Levando em consideração que você é uma média das pessoas que te cercam, os amigos são importantes para te levar por caminhos que as vezes você não iria se estivesse sozinho, e se for caminhos bons, como a prática de atividade física, aproveite e vá, pois essa pessoa se preocupa com sua saúde e é muito mais que um amigo”.

Outra dupla que você pode encontrar facilmente treinando junta por aí é Ju Faria, administradora e Maria Rodrigues, publicitária.

A paixão pela corrida uniu as duas e elas sempre treinam juntas nas pistas, nas trilhas e na praia.

Uma gosta de rua, a outra de areia, mas assim que é bom, para variar, o importante é estarem juntas e ninguém desistir.

Ju, com 37 anos e Maria com 59, e nesse caso a diferença de idade só ajuda.

“Treinar é bom, treinar com uma amiga/irmã é incentivador. Ela é jovem explosiva, e eu com muita bagagem acumulada, juntas trocamos para somar”, diz Maria Rodrigues.

Para Ju, essa irmandade veio para agregar somente coisa boa: incentivo, motivação, amizade verdadeira e cuidado com a saúde.

“Depois dos treinos vem aquele sorriso gostoso de missão cumprida e um sentimento de gratidão por ter alguém para me levar para treinar e a recompensa não poderia ser melhor, um lindo nascer do sol, que sempre vem para brindar nossa amizade”.

Muita gente deve estar pensando: preciso de um irmão desse para bater metas, vencer desafios e me superar né? Então, aproveite esse dia do irmão e encontre um para chamar de seu!

Feliz dia do irmão!